O nome Kussondulola é sinónimo de movimento, deslocação e era também o nome da bisavó de Janelo além do nome de um bar que a sua mão possuía.

A sonoridade dos Kussondulola identifica-se com o mais puro reaggae de Kingstown e com a mais-valia de ser cantando genuinamente em português.
A isto temos de agradecer a um homem que o adoptou não só como o seu género musical mas acima de tudo como uma religião e uma filosofia - "o rastafarianismo"?.

Podemos afirmar que o surgimento no mercado nacional por parte de várias bandas de reggae como Mercado Negro, One Love Family, Souls of Fire, Prince Wadada, Sativa entre outros foi de certa maneira "inspirado"? pelo trilho criado por Janelo da Costa e o seu pioneiro projecto.

"O reggae não é uma moda, não é novo. É o espírito convertido em música, uma vontade de dizer o que está à volta dos homens. Faz-se através de canções que dançam nos nossos pés e marcam o nosso coração."? - Citando www.zonamusica.pt

Na visão dos Kussondulola e de Janelo algo de muito importante se deve reter: o reggae é uma música de mensagem, de continuidade, não é uma moda.

Para o futuro, e como o próprio significado do Kussondolola nos transmite, o objectivo é continuar, estudar, absorver, aprender e transmitir as boas vibrações.

""¦mas a intenção é não parar, e entender que todos nós estamos a servir o Reggae, está-se a servir Selassie I, é uma mensagem, a música tem de falar"¦"? - Entrevista a Kussondulola Programa Solar Reggae em 08-06-2003

O Reggae é uma missão!

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.