«A Lady Gaga foi uma força poderosa para a comunidade de homossexuais e lésbicas de Sidney», disse na noite de segunda-feira a presidente da câmara de Sidney, Clover Moore, citada pela televisão Canal 9 ao salientar que «infelizmente» muitos jovens sentem-se «cidadãos de segunda classe» devido às suas preferências sexuais.

Lady Gaga causou furor desde que chegou no sábado a Sidney para um concerto que dará amanhã, quarta-feira, perante cerca de 1.000 pessoas para promover o seu álbum “Born this way”, que vendeu em todo o mundo mais de cinco milhões de cópias.

@LUSA EFE

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.