“Pelo meu relógio são horas de matar” chega às lojas no dia 26 de maio, com “dez canções marcantes e poderosas, que Adolfo Luxúria Canibal e companhia afirmam compor um dos melhores álbuns da sua já longa carreira”.

Gravado em janeiro, este, que já é o 10º álbum de originais da banda, tem como single de avanço o tema Horas de Matar e marca o regresso do grupo bracarense à NorteSul, editora pela qual gravaram vários discos entre 1997 e 2002.

Note-se que em 2014 os Mão Morta completam 30 anos de carreira.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.