O MP3 é o formato áudio mais adequado para quem quer espalhar e promover a sua música de uma forma eficaz, rápida e eficiente, no entanto cada vez que houve determinada música nesse formato, ela irá soar sempre igual. Neste contexto começam a surgir novos formatos que permitem oferecer aos ouvintes uma experiência mais interactiva dos sons que estão a escutar.

Para começar, apresentamos o MXP4 da Musinaut, um formato que será lançado oficialmente após este verão e foi descrito como uma nova e valiosa ferramenta para artistas, permitindo-lhes criar diferentes interpretações para cada música, que com a possibilidade de serem combinadas podem gerar uma lista interminável e surpreendente de diferentes versões.

Os músicos criam ficheiros MXP4 utilizando o
Skinvaders, uma ferramenta de criação de conteúdo que ainda se encontra em fase beta, apesar de já poder fazer o registo e experimentá-la.

Utilizando a ferramenta
Skinvaders, irá carregar as faixas que constroem a sua música separadamente (ex. bateria, baixo, etc.), em seguida irá moldá-las em padrões e ligá-las através de variações apelidadas de Skins. De acordo com o site, a ferramenta é compatível com aplicações como Pro Tools e Cubase, e ainda ficheiros WAV, AIFF e REX. A
Musinaut sugere que os artistas além de fornecerem remixes das músicas, poderiam também criar os vocais em línguas diferentes ou ainda construírem diferentes abordagens da mesma música.

Outro formato inovador é o MT9, que permite ao ouvinte alterar o volume de certas partes de uma música. Pelas informações disponíveis até à data é um formato áudio multi pista com uma mesa de mistura incluída no leitor, podendo assim, por exemplo, retirar as guitarras, deixar apenas a voz, etc.

Embora pareça interessante o formato áudio MT9, trás algumas preocupações. Haverá a certeza de que os artistas estejam interessados em permitir a alteração das suas músicas de uma forma tão directa e fácil? Para muitas bandas o objectivo é que os ouvintes ouçam as suas músicas na sua composição original. Para mais informações sobre este formato visite:
www.MusicRadar.com

O tamanho dos ficheiros MT9 e MXP4 pode ser um pouco superior a um ficheiro MP3 standard, devido a todos os dados extra que estes contêm e de salientar que ainda não foram revelados a qualidade de som que casa um tem para oferecer. Os criadores de ambos os formatos, afirmam serem os respectivos sucessores do MP3, no entanto pensamos que esta evolução não seja para breve.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.