"Rebel Heart" é o 13º álbum da carreira da cantora, do qual foram desvendadas nove canções, todas a atingir os primeiros lugares do top de iTunes em Portugal, depois de vários temas terem chegado à internet de forma não autorizada. O disco, com 14 faixas na edição standard, conta com as participações, na voz e na produção, de Diplo, Nicki Minaj, Kanye West, Nas, Dahi, Blood Diamond ou Ryan Tedder, o vocalista dos OneRepublic.

Com o primeiro avanço, "Living For Love", Madonna torna-se a mulher com mais canções no top 40 britânico – um total de 71 singles. Também a estreia do vídeo foi inovadora: a cantora foi a primeira a fazê-lo através da aplicação Snapchat, mais conhecida por permitir aos utilizadores criar histórias e trocar entre si fotos e vídeos que se "auto-destroem" após alguns segundos.

Nas últimas semanas, depois de uma polémica queda ao vivo, na cerimónia dos BRIT Awards, em Londres, Madonna passou por Paris onde se encontrou com Luz, cartoonista do Charlie Hebdo e sobrevivente do ataque de 7 de janeiro. Durante a conversa, num programa de televisão, a cantora dissa ainda que gostaria de discutir direitos humanos com Marine Le Pen.

Depois do lançamento, a artista volta aos palcos para uma nova digressão global que, para já, não inclui datas em Portugal.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.