O músico criou uma composição inspirada no conceito da exposição “Florestas Submersas by Takashi Amaro” – “uma fusão perfeita entre a arte e a natureza, que envolve o visitante numa experiência de relaxamento, quietude e simplicidade, motivando-o a descobrir a natureza esculpida pelo tempo”.

Esta encomenda do Oceanário vai agora traduzir-se numa temporada de 20 apresentações ao vivo no Auditório Mar da Palha, no Oceanário de Lisboa, a decorrerem nos dias 1, 2, 3, 16, 23, 24, 30 e 31 de maio e 6 e 28 de junho, às 17h00 e 19h00 (duas sessões por dia).

Em palco, Rodrigo Leão será acompanhado por um sexteto, “composto especialmente para a ocasião”.

“Trata-se de uma oportunidade absolutamente privilegiada para visitar a nova exposição temporária e ouvir o músico num ambiente especial e muito intimista”, pode ler-se em comunicado, sobre a iniciativa.

Os bilhetes, que incluem a entrada na exposição e no concerto, custam €25.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.