A organização do OSP’11, para além de nome já consagrados no certame da música electrónica nacional, aposta também em artistas em ascensão de géneros que vão do beatbox ao house, passando pelo electro e minimal. A noite começará com uma atuação de beatbox, numa performance da dupla Jotz&Sagres Beatbox.

As atuações dos DJs estarão ao cargo de André Alves, que tem presença nas casas mais consagradas da noite portuguesa, tendo feito performances com alguns dos maiores nomes da música eletrónica mundial.

Os Electro Domestic, uma aposta da organização, não só pela sua presença em palco e a sua interação com o público, mas também pelo seu estilo musical, o electro, são dos nomes mais esperados. O ponto alto dos Electro Domestic este ano foi a atuação no Optimus Alive 2011, no Passeio Marítimo de Algés.

A organização pretende proporcionar as melhores condições de segurança a quem se desloque ao festival, e nesta edição, à imagem da anterior, haverá parques de estacionamento iluminados e vigiados pela GNR.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.