O Cinema São Jorge vai acolher, todas as sextas-feiras entre 5 de Fevereiro e 5 de Março, o ciclo “Sexta, Meia Noite e Uma Guitarra” – uma iniciativa em que a guitarra – desde a portuguesa à eléctrica ou à clássica – é a protagonista principal em cinco encontros improváveis.

26 Fevereiro
PEDRO JÓIA e RICARDO RIBEIRO
“MOURARIAS”
guitarra clássica e voz

Pedro Jóia é um guitarrista de formação clássica cujo percurso artístico tem sido marcado por uma crescente aproximação à música popular de raízes ibéricas. Pelas características e história do instrumento que utiliza, a primeira fase da sua carreira leva-o naturalmente ao encontro do flamengo. A aprendizagem técnica e a descoberta dos segredos interpretativos desta expressão musical, permitem-lhe desenvolver um estilo próprio e partir em busca da sua identidade musical. Numa primeira abordagem aproxima-se da música de Carlos Paredes, mais tarde, experimenta as linguagens do fado, através da transposição para guitarra clássica do legado musical deixado por Armandinho. A guitarra de Pedro Jóia torna-se assim condutora de uma linguagem musical que vagueia entre o flamengo e o fado, que traz para a contemporaneidade, sem preconceitos, as afinidades seculares de uma expressão ibérica comum.

Ricardo Ribeiro, fadista da nova geração, também trabalha o seu canto com estas referências. A alma portuguesa convive com a garra castelhana dando origem a uma sonoridade e expressão únicas. Neste espectáculo, o espaço habitualmente preenchido pela guitarra é partilhado com a voz, os instrumentais de teor flamengo/ fadista convocam a palavra e transformam-se em canções ibéricas com morada em Lisboa.

Habilita-te a ganhar uma entrada para este evento aqui!

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.