Mário Santos - sax tenor e clarinete baixo

José Pedro Coelho - sax tenor / sax soprano e flauta

José Luís Rego - sax alto e soprano

Pedro Guedes - piano

Carlos Barretto - contrabaixo

Mário Barreiros - bateria

A música e o músico são indissociáveis em Mário Barreiros, que viveu a música como baterista cujo mérito lhe permitiu integrar formações de relevo no panorama do jazz português, nomeadamente com Maria João, António Pinho Vargas, Mário Laginha ou Sexteto de Jazz de Lisboa.

Em 1994 deu forma ao seu sexteto com o objetivo de obter uma sonoridade dinâmica e contrastada que utilizasse a improvisação para retirar o maior proveito da potencialidade dos músicos. Percorreu os mais significativos festivais nacionais, interrompendo a atividade entre 1999 e 2002.

O regresso aos palcos depois de uns anos de pausa faz-se na rentrée do ciclo «Este é o Meu Jazz» e anuncia agora a substituição do contrabaixista, lugar que passa a ser ocupado por Carlos Barretto.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.