De acordo com Tom Araya, vocalista e baixista do grupo, o processo de gravação de um novo álbum, sucessor de “World Painted Blood” (2009), só será iniciado quando Jess Hanneman, guitarrista da banda, recuperar do seu actual problema de saúde.

Note-se que Hanneman contraiu, há cerca de seis meses, através de uma picada de aranha, uma infecção comedora de carne, chamada Necrotising Fasciitis, que o tem mantido sob cuidados médicos.

“Não vamos voltar a estúdio sem ele. Precisamos das suas capacidades musicais e do seu talento enquanto compositor. Ele é uma parte integral da banda. Vamos esperar até que ele esteja a 100%, para que possa juntar-se ao processo criativo”, assegurou Araya, em entrevista à Billboard.

Ainda de acordo com o vocalista dos Slayer, Hanneman está a passar por algo “horrível”. “Ele teve que fazer enxertos de pele e precisa de recuperar o braço. Vai levar algum tempo”, revelou.

Ao vivo, Jess Hanneman tem sido substituído pelo guitarrista dos Exodus, Gary Holt, e pelo guitarrista dos Cannibal Corpse, Alex Webster.

Sara Novais

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.