A novidade foi revelada por David Gilmour à BBC 6 Music, numa entrevista promocional ao primeiro disco de estúdio do grupo em 20 anos.

“Bem, o Rick [Wright, falecido em 2008] já não está cá. Esta será a última coisa nossa que será editada”, revelou.

Questionado por Matt Everitt se essa era uma decisão definitiva, respondeu: “Sim, estou bastante certo que não haverá nenhum sucessor para este”. “E a Polly, a minha mulher, acha que esta seria uma ideia muito boa, liricamente falando, de dizer adeus. Uma forma de descrever a simbiose que temos. Ou tivemos”, acrescentou.

Sobre o papel de Wright nos Pink Floyd, Gilmour comentou: “Ele foi subestimado pelo público, pelos media e por nós, em algumas ocasiões – detesto admiti-lo. Nem sempre lhe dei o valor que merecia. As pessoas têm atitudes muito diferentes ao trabalharem e podemos fazer muitos juízos de valor e pensar que alguém não está a esforçar-se o suficiente, sem nos apercebermos que o seu esforço é diferente”.

Nick Mason completou: “Eu acho que a tendência é grande parte da atenção ir para as canções ou para a parte da guitarra ou algo assim, e os velhos tristes bateristas e teclistas são esquecidos. Acho que esta é uma grande oportunidade; uma grande oportunidade para reconhecer, recordar e talvez dar algum crédito, ainda que um pouco tardio. Ele era bastante gentil, muito calmo, o que não ajuda se estás numa banda a tentar promover-te, obviamente”.

“The Endless River” chega às lojas a 10 de novembro.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.