De acordo com o seu blog, o sucessor de “Fados para o Apocalipse contra a Babilónia” reunirá 13 temas – seleccionados entre 14 músicas gravadas pelo músico em apenas “oito dias úteis de estúdio”.

Sobre o álbum, co-produzido por Silas Ferreira (Os Pontos Negros), Guillul – membro fundador da FlorCaveira – é pragmático: “A voz vai perceber-se um bocadinho mais, as batidas são de há mais de 20 anos, as razões para embirrar permanecerão. Não tem a lata do “IV”, mas é mais dançável.

Nele participam Ben, “o mais fiel músico”, e Nelson Carvalho, “um anfitrião paciente”, e muitos mais – um total de 30, entre os quais “consagrados, lendas do underground, amigos, curiosos, criancinhas da pré-primária, cristãos disponíveis”.

Sara Novais

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.