"O pedido de Zelensky para se dirigir ao público do Festival Eurovisão da Canção, embora feito com intenções louváveis, infelizmente não pode ser atendido, pois violaria as regras do evento", sublinhou a União Europeia de Radiodifusão (EBU), que organiza o concurso.

"Um dos pilares da competição é a natureza apolítica do evento. Este princípio proíbe declarações políticas ou similares durante a competição", acrescentou a organização, citada pela agência France-Presse (AFP).

No ano passado, a Ucrânia foi a vencedora do Festival Eurovisão da Canção, com “Stefania” da Kalush Orchestra.

Por isso, deveria acolher este ano o concurso, mas a guerra que assola o país, acabou por levar a organização a decidir que seria o Reino Unido, segundo classificado, o país anfitrião.

A vitória da Ucrânia deveu-se essencialmente à votação popular. O país, que tinha sido invadido pela Rússia meses antes, obteve um total de 631 votos, 439 deles dados pelo voto do público.

A final deste ano, que contará com a participação de 26 países, contará com uma forte homenagem à Ucrânia, com a presença de onze artistas ucranianos no palco, incluindo a Kalush Orchestra, realçou a EBU.

Os videoclipes transmitidos durante a noite mostrarão diferentes lugares da Ucrânia.

Liverpool também inaugurou um monumento "símbolo de esperança" para a Ucrânia, uma estátua de alumínio de um homem a segurar um livro do qual escapa uma pomba com uma bandeira ucraniana.

A Rússia foi excluída da competição, como na edição de 2022.

A final do Festival Eurovisão da Canção será exibida em direto na RTP1 às 20h00 de Lisboa.

Portugal foi selecionado na primeira semifinal, na passada terça-feira, com “Ai Coração”, de Mimicat, a par de temas da Croácia, Moldávia, Suíça, Finlândia, República Checa, Israel, Suécia, Sérvia e Noruega.

Esta quinta-feira, as canções de Albânia, Arménia, Austrália, Áustria, Bélgica, Chipre, Eslovénia, Estónia, Lituânia e Polónia foram as últimas dez finalistas escolhidas para a final do 67.º Eurovisão da Canção.

Este ano, participam 37 países no Festival Eurovisão da Canção, mas à final só chegam 26: os dez escolhidos esta quinta-feira, os dez que foram selecionados na terça-feira, na primeira semifinal, os chamados ‘Big Five’ (França, Alemanha, Espanha, Reino Unido e Itália) e a Ucrânia, por ter vencido no ano passado.

A ofensiva militar russa no território ucraniano, lançada a 24 de fevereiro do ano passado, mergulhou a Europa naquela que é considerada a crise de segurança mais grave desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.