O álbum mais recente de Adele, "25", bateu recordes com a venda de 3,38 milhões de cópias na semana de estreia no mercado americano, segundo dados da Nielsen Music.

O novo disco da cantora britânica foi o mais vendido em apenas uma semana desde que a Nielsen começou a registar as vendas em 1991. Além disso, “25” é o primeiro álbum na história da Nielsen a vender mais de três milhões de unidades em sete dias.

Com o novo trabalho, Adele supera os 2,42 milhões de cópias vendidas em 2000 de "No Strings Attached", dos 'NSYNC, banda de Justin Timberlake. “Adele conseguiu bater o recorde num momento em que a pirataria é uma alternativa simples à compra, o que não acontecia há 15 anos”, analisa a revista The New Yorker.

"25" é o primeiro álbum de Adele em quatro anos. O disco anterior, "21", foi o mais vendido nos Estados Unidos durante dois anos consecutivos e o álbum com maior sucesso no século XXI no Reino Unido.

No novo trabalho, a cantora volta a apresentar baladas sobre amores frustrados, como o single "Hello".

Lançado a 20 de novembro, “25” não está disponível em serviços de streaming o que pode ter aumentado o número de vendas.

Adele também supera os dois álbuns mais vendidos da era digital: "The Eminem Show", de Eminem em 2002, e "1989", de Taylor Swift, lançado em 2014.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.