Rihanna lançou um novo disco de surpresa no final de janeiro. No total, na semana de estreia, foram vendidas menos de mil cópias de "Anti" nos Estados Unidos, revela a empresa Nielsen, responsável por elaborar o top da Billboard. Ao jornal The New York Times, uma fonte anónima ligada ao serviço que faz a contagem dos tops desvendou que foram vendidos exatamente 460 cópias físicas.

O novo trabalho da cantora foi lançado na passada quinta-feira, 27 de janeiro, no serviço de streaming Tidal e entrou diretamente para o 27º lugar do top da Billboard, sendo o pior lançamento de Rihanna.

Apesar das baixas vendas físicas, “Anti” tomou de assalto o Tidal. Segundo o serviço de música online, o álbum foi descarregado quase 500 mil vezes, para além do milhão de downloads oferecidos pela Samsung. A empresa avança ainda que, no total, o disco somou mais de 5,5 milhões de reproduções na primeira semana.

Segundo o The New York Times, Dan Roberti, porta-voz do serviço de música online, justificou as baixas vendas pelo facto de que "Anti" só ter sido colocado à venda depois da promoção com a Samsung ter terminado.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.