Desde fevereiro que a ASAE tem realizado ações de vigilância online da venda de bilhetes para os concertos da banda irlandesa e chegou a encontrar bilhetes a ser vendidos por mil euros, segundo um comunicado hoje divulgado.

Nestas ações foram apreendidos 64 bilhetes com valores unitários que variam entre os 37 euros e os 338 euros e que eram transacionados por valores entre os 150 euros e os mil euros. Isto permitia aos vendedores obter percentagens de lucro acima dos 900 por cento.

“Como resultado desta ação, foram detidos 24 indivíduos, em flagrante delito, em vários pontos do país, pela prática do crime de especulação sobre o valor de venda oficial de bilhetes para os concertos”, refere a autoridade, em comunicado hoje divulgado.

Os arguidos detidos foram presentes a tribunal, tendo sido aplicadas suspensões provisórias de processo, mediante entrega de valores a Instituições Particulares de Solidariedade Social ou prestação de trabalho comunitário.

A ASAE aproveita para alertar os consumidores para que evitem comprar bilhetes acima do seu valor oficial, sendo que essa venda é um crime de especulação, que pode ser punido com pena de prisão até três anos.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.