A cantora Halsey contou este domingo, dia 31 de maio, que foi  alvejada com uma bala de borracha durante um protesto em Los Angeles. Nas redes sociais, a artista revelou ainda que foi atingida com estilhaços e gás lacrimogéneo, enquanto participava na manifestação em Los Angeles em defesa de George Floyd.

"Estávamos a protestar pacificamente, com as mãos no ar, quietos e sem ultrapassarmos a linha [de segurança]", explicou a cantora na sua conta no Instagram. Nas Stories, Halsey explicou que a polícia "disparou balas de borracha e lançou gás lacrimogéneo várias vezes, em cidadãos que não estavam a provocá-los.".

"A maioria estava apenas a rogar-lhes para que tivessem empatia, para que reconsiderassem a sua humanidade, a história e o futuro da nossa nação", contou. "Se tivesse sido atingida à queima-roupa, teria ficado gravemente ferida", frisou nas redes sociais.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.