“Estamos a pensar que vamos pulverizar todos os números do ano passado”, disse hoje o presidente da Câmara Municipal, Emílio Torrão, à agência Lusa.

O autarca do PS estima que, em 2018, “nos dias mais importantes, 20 a 30 mil pessoas” terão passado pelo recinto dos festejos de Montemor-o-Velho, no distrito de Coimbra, e que, desta vez, esses nível de afluência de público serão superados.

A Feira do Ano, organizada pela Câmara, abre no sábado, com a realização da finalíssima do concurso 7 Maravilhas Doces de Portugal, com transmissão televisiva em direto pela RTP, na qual participa o pastel de Tentúgal, uma especialidade conventual deste município do Baixo Mondego, entre outros doces de norte a sul do país.

O músico José Cid atua no dia 13, enquanto a fadista Cuca Roseta sobe ao palco no dia 14.

Com entradas livres, o programa abrange ainda concertos por Mickael Salgado (8), Baluarte e Sangre Ibérico (9), António Pinto Basto com “Filarmónica vai ao fado” (10), Fernando Daniel (11) e Profjam e Sippinpurpp (12), além do espetáculo “Ruca Musical” a encerrar as festividades, no dia 15.

Com esta iniciativa, o município liderado por Emílio Torrão pretende “reafirmar as tradições, a memória e a identidade do concelho”, bem como divulgar um Montemor-o-Velho “cheio de energia para continuar a abraçar o futuro e o desenvolvimento”, salienta uma nota da autarquia.

“Sempre de braço dado com as juntas e uniões de freguesia e as associações concelhias, o certame de todos nós é, sem dúvida, o evento mais marcante do ano no concelho”, sublinha.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.