O projeto data de 2020 quando, perante a incerteza sobre o futuro devido à pandemia de COVID-19, o escritor Gonçalo M. Tavares começou a escrever uma crónica-diário em que falava do mundo tomado pela pandemia, que designou por “Diário da Peste”.

Durante dez semanas, a atriz Isabel Abreu deu eco às palavras do escritor, a partir de sua casa, onde lia os textos à medida que filmava o seu dia a dia em isolamento.

“Diário da Peste” vai estar disponível, de forma gratuita, todos os dias, de segunda a domingo, cada dia com um novo episódio, sempre às 21h00.

O último episódio ficará disponível a 31 de dezembro, marcando o final do ano e a viragem para 2022.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.