Numa nota de imprensa, a Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa (ERT-RL) indicou que Dino Saluzzi, um músico com a particularidade de tocar ‘bandoneón’, um instrumento semelhante a uma concertina, utilizado em orquestras de tango, atua pela primeira vez em Portugal continental.

No sábado, é a vez da jovem saxofonista norueguesa Mette Henriette, “considerada a grande revelação de 2015”, com o seu trio subirem ao palco e, no dia 25, atua o quinteto do trompetista português Gonçalo Marques.

No mesmo dia, às 15:00, Gonçalo Marques e o seu quinteto darão ainda um concerto comentado, inserido no projeto pedagógico ‘O SeixalJazz Vai à Escola’.

No dia 26, o quarteto de Hugo Carvalhais - Projecto Grand Valis - apresenta o seu último trabalho, o único registo português nomeado pela revista Down Beat para os melhores registos de 2015, destacou a ERT-RL.

O jovem saxofonista do concelho do Seixal Ricardo Toscano atua com o seu quarteto no dia 28, ficando o fecho do SeixalJazz a cargo do saxofonista norte-americano Colin Stetson, numa atuação a solo.

No final de cada atuação, haverá sessões de autógrafos que irão decorrer no ‘foyer’ do auditório.

Os concertos do Festival Internacional SeixalJazz 2016, promovido pela Câmara Municipal do Seixal, decorrem no Auditório Municipal do Seixal, e têm início às 22:00.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.