A Universal Music terá os direitos sobre o catálogo de músicas de Elvis Presley, segundo os termos de um novo acordo anunciado esta terça-feira pela empresa e pela Authentic Brands Group, uma empresa de administração de propriedade intelectual.

As empresas não revelaram os termos financeiros do acordo, que se baseia numa relação pré-existente entre ambas.

O acordo surge apenas alguns meses antes da estreia, em junho, do muito aguardado filme biográfico de Baz Luhrmann "Elvis", protagonizado por Austin Butler e Tom Hanks.

Presley, que morreu aos 42 anos em 1977, está entre os artistas musicais mais vendidos, com mais de 500 milhões de discos e sucessos que incluem "Can't Help Falling In Love" e "Viva Las Vegas".

O portfólio da ABG também inclui estrelas como Marilyn Monroe e Mohamed Ali.

O anúncio é o mais recente de uma intensa disputa pelos direitos musicais, no qual empresas pagaram valores enormes por catálogos de estrelas como Bob Dylan, Shakira e Bruce Springsteen, entre outros.

No início deste ano, a Universal também comprou o catálogo editorial de Sting.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.