A Festa do Outono, com entrada gratuita, tem uma programação diversificada com propostas “divertidas e educativas”, contextualizadas à luz de algumas práticas, tradições e conceitos ancestrais, como explicou o coordenador da iniciativa, Rui Costa, na apresentação do evento, na passada segunda-feira.

Depois de, em 2017, ter recebido 55.128 visitantes, Rui Costa acredita que os números se vão repetir na edição deste ano.

Durante os dois dias, quem for a Serralves poderá conhecer e contactar de perto com processos de transformação de algumas fibras têxteis, com a arte da cestaria e com a confeção de receitas com produtos da época.

Além disso, os visitantes poderão contactar com temáticas como a fauna, flora, biodiversidade outonal e raças autóctones, para estimular a sensibilização ambiental, a ética da conservação e a recuperação de saberes e fazeres.

À vertente ambiental aliam-se as diferentes expressões artísticas, desde música, teatro, dança, oficinas e percursos pedestres.

Hoje e domingo, Serralves dá as “boas-vindas” ao outono, entre as 10:00 e 19:00, sendo o acesso realizado pela avenida Marechal Gomes da Costa e a rua Bartolomeu Velho.

A Festa de Outono, com 21 parceiros, dos quais 12 são câmaras municipais, está integrada no programa das Jornadas Europeias do Património 2018, este ano subordinadas ao tema “Partilhar memórias”.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.