Michael Eavis, fundador do festival de Glastonbury, revelou que o evento poderá não se realizar no próximo ano. Em entrevista ao canal britânico ITV, o responsável sublinhou que a única certeza é a edição de 2022.

"Estou confiante de que sobreviverá. A única certeza é a do ano seguinte, 2022. Talvez tenhamos que esperar dois anos. Mas espero, e estamos a trabalhar para isso, que aconteça no próximo ano", frisou o fundador do festival britânico.

"Tenho esperança de que possamos estar de pé no próximo ano e vou fazer de tudo para que isso aconteça. (...) Mas não significa que o festival vai acontecer", alertou Michael Eavis, explicando que "com 500 pessoas não há problema",  mas que 250 mil festivaleiros "são demasiados".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.