Segundo a organização, o cartaz que estava pensado para a edição deste ano – de 3 a 18 de julho – será adiado para julho de 2021, e isso inclui os quatro concertos, já anunciados, de Lionel Richie, Black Pumas, Lenny Kravitz e Brittany Howard.

Destes quatro artistas, Lionel Richie, Black Pumas e Lenny Kravitz também têm concertos marcados para Portugal em julho, em contexto de festival ou a solo, mas nenhum foi ainda adiado ou cancelado.

Esta é a primeira vez, em mais de cinquenta anos de história, que o Montreux Jazz Festival é cancelado.

O cancelamento decorre da decisão de as autoridades suíças de manterem medidas de distanciamento social que limitam eventos com grandes aglomerados de pessoas, como festivais de música.

O festival suíço decorrerá de 2 a 17 de julho de 2021.

Em Portugal, já foram anunciados adiamentos e cancelamentos de alguns festivais de música marcados para junho e julho, nomeadamente o NOS Primavera Sound, no Porto, adiado para setembro, e o Festival Músicas do Mundo de Sines, cancelado.

A nível global, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 145 mil mortos e infetou mais de 2,1 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 465 mil doentes foram considerados curados.

Em Portugal, onde morreram 657 pessoas das 19.022 registadas como infetadas, de acordo com os números divulgados hoje pela Direção-Geral da Saúde, vigora o estado de emergência desde 19 de março, tendo sido aprovado o seu prolongamento até 2 de maio.

Mais informações sobre o COVID-19.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.