Carlos Martins Quarteto e os americanos Eric Revis Trio são os cabeças-de-cartaz do 13.º Festival Internacional de Jazz de Portalegre (JazzFest), que vai decorrer entre 11 e 19 de março, anunciou a organização.

Os espetáculos realizam-se em dois fins de semana, nos dias 11, 12, 18 e 19 de março, por iniciativa do Centro de Artes do Espetáculo de Portalegre (CAEP), espaço tutelado pelo município.

Joaquim Ribeiro, diretor artístico do CAEP, adiantou hoje à agência Lusa que o festival de 2016 “vai ao encontro” daquilo que tem sido a sua matriz, nos últimos anos, "dando realce” ao jazz nacional, europeu e norte-americano.

“Para além desta mostra, gostamos sempre de dar a conhecer novos estilos de jazz, que abordam essa forma de maneira distinta”, acrescentou.

A primeira noite do festival vai ficar marcada pela atuação dos noruegueses Mari Kvien Brunvoll e Stein Urhei, ao passo que a segunda noite estará destinada a acolher um concerto com Carlos Martins Quarteto.

O quarteto português é composto por Carlos Martins no saxofone, Mário Delgado na guitarra, Carlos Barretto no contrabaixo e Alexandre Frazão na bateria.

No primeiro fim de semana do festival vai também passar pelo CAEP um projeto desenvolvido por Miguel Mira, no violoncelo, Pedro Sousa no saxofone e Afonso Simões na bateria.

A segunda parte do JazzFest, no fim de semana seguinte, abre, no dia 18 de março, com os americanos Eric Revis Trio, uma formação composta por Eric Revis no contrabaixo, Kris Davis no piano e John Betsch na bateria

No dia seguinte, é a vez dos amantes do jazz poderem apreciar o projeto norueguês Chrome Hill.

Nos últimos dias do festival, 18 e 19 de março, vai passar também pelo palco, para dois concertos, o projeto português Slow is Possible.

Uma feira do disco, mostra de vinhos e produtos regionais e a oferta de um CD por cada bilhete comprado são outros dos atrativos do festival.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.