Este ano, a programação “assenta em redor dos ritmos inspirados pela cidade de Lisboa, pelas palavras que sustentam a comunidade dos seus habitantes e tem três dimensões principais: o hip-hop, a eletrónica e as músicas populares, de sons e melodias sedimentadas e de novas propostas”, refere a associação Sons da Lusofonia em comunicado.

O festival dura cinco dias, entre terça-feira e sábado, mas o concerto de abertura está marcado para quarta-feira.

Às 21:00, no Largo do Intendente, apresenta-se pela primeira vez ao vivo a OPA – Oficina Portátil de Artes, “projeto pedagógico e artístico dirigido por Francisco Rebelo (Orelha Negra, Cais do Sodré Funk Connection), que reúne jovens artistas de bairros de Lisboa e periferias”.

No dia anterior, terça-feira, é possível assistir-se a um ensaio da OPA, pelas 18:00, no n.º 10 da Rua Quinta da Almargem. No mesmo dia, pelas 17:00, na Underdogs Art Store, no Cais do Sodré, há a construção de uma obra coletiva de ‘graffiti’ de Glue e Mosaik, acompanhada por uma atuação de DJ Kwan.

O primeiro dia de Lisboa Mistura termina com a conversa “Som de Lisboa”, às 19:00 no Largo da Severa, que junta o DJ Marfox, os músicos Maria Reis (Pega Monstro), Camané e Gabriel Ferrandini e o jornalista Mário Lopes (Público).

Das muitas iniciativas que decorrem nos outros dias, a organização destaca o espetáculo que junta em palco os ‘rappers’ portugueses Valete e NBC, com convidados, na quinta-feira às 21:00; a atuação dos Konono n.º 1 (na foto acima), na sexta-feira às 22:15; e no sábado um concerto que junta “alguns dos maiores nomes da lusofonia”: Waldemar Bastos (Angola), Kimi Djabaté (Guiné), André Cabaço (Moçambique), Tonecas Prazeres (São Tomé), Jenifer Solidade e Khaly Angel (Cabo Verde), Leo Minax e Alexandre Frazão (Brasil), Carlos Barretto, Mário Delgado, Carlos Martins(Portugal), entre outros.

Estes espetáculos decorrem todos no Largo do Intendente.

O Lisboa Mistura conta com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e da Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural (EGEAC).

Todas as iniciativas do festival são de entrada gratuita.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.