Os escritores José Eduardo Agualusa e Mia Couto vão estar em destaque na 5.ª Festa do Livro da Amadora, de 10 a 12 de setembro, numa edição dedicada à literatura africana de língua portuguesa, anunciou hoje (4) a organização.

A edição deste ano será transmitida em ‘streaming’ nas redes sociais, devido à pandemia de covid-19, e vai abranger também áreas fora do universo literário, tais como as artes plásticas, fotojornalismo, arte urbana e banda desenhada, de acordo com uma nota enviada à agência Lusa, onde se explica que serão ‘convocadas’ para as sessões “algumas personalidades destacadas nestas áreas artísticas”.

A Festa do Livro tem início na quinta-feira, pela 18:00, com uma conversa entre o angolano José Eduardo Agualusa e a escritora luso-angolana Yara Monteiro, que dará a conhecer "não só uma nova voz literária”, mas servirá também para “tomar contacto com o seu romance mais recente, ‘Essa dama bate bué’, um retrato da vida das mulheres que combateram na guerra civil angolana”, e desvendar “um pouco da vida das elites” daquele país.

No dia 12, às 21:30, é a vez do moçambicano Mia Couto convidar a poeta e artista plástica Sónia Sultuane, vencedora do prémio Femina 2017 na área da literatura, para uma conversa moderada por Tito Couto entre os dois vultos da literatura moçambicana, que encerra a edição de 2020 da festa.

Pelo meio, haverá sessões com Maria João Lopo de Carvalho (dia 11 às 18:00) e com o cabo-verdiano Germano Ameida, vencedor do Prémio Camões em 2018 (dia 12 às 17:00).

Ainda no último dia do evento, terá lugar uma conversa com o fotojornalista Alfredo Cunha (dia 12 às 16:00), que lançou recentemente um livro com retratos das cidades durante a pandemia de covid-19, assim como uma conversa com a escritora Alice Vieira (dia 12 às 18:00).

Na área da banda desenhada destaca-se a sessão dedicada a José Ruy (dia 10 às 21:30), “um dos nomes incontornáveis da BD em português”, que teve passagens por publicações históricas como “Cavaleiro Andante” ou “O Mosquito”, enquanto “o papel da arte urbana na requalificação dos espaços urbanos” estará em discussão entre o ilustrador e tatuador Miguel Brum, o ‘graffiter’ Jorge Charrua e a artista plástica Sofia Cruz, conhecida como KRUS (dia 11 às 19:00).

A Festa do Livro, este ano em formato digital e com transmissão nas redes sociais, está integrada na iniciativa Amadora em Festa 2020, enquanto evento dedicado à promoção do livro e da leitura.

“Trata-se de um evento literário para todo o tipo de público, que promove a participação das audiências através de uma discussão livre e aberta nas redes sociais”, explica a organização na página dedicada ao evento pelo site da Câmara Municipal da Amadora.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.