Um juiz de Nova Iorque retirou, esta quinta-feira, 11 de outubro, uma acusação contra Harvey Weinstein, mas manteve outras cinco contra o ex-produtor de Hollywood, ligadas a casos de abuso sexual.

Harvey Weinstein, libertado depois de pagar uma fiança de um milhão de dólares e ser obrigado a usar um dispositivo de movimentos com GPS , apresentou-se na audiência e negou quaisquer relações sexuais não consensuais.

"Isso é claramente um desenvolvimento muito positivo", disse o advogado de defesa de Weinstein, Ben Brafman, à imprensa.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.