Mesmo com o palco montado a meio do MEO Arena, em Lisboa, e com as bancadas e plateia com algumas cadeiras por preencher, certamente que esta a noite do passado sábado entrará no top 10  de Leandro e das suas fãs (sim, 99% mulheres) que o seguem dedicadamente ao longo dos seus nove anos de carreira.

Leandro5

Antes da estrela da noite subir ao palco, ainda houve tempo para cinco canções de um artista novinho em folha, até então desconhecido pela maior parte do público presente. Francisco, agora mais conhecido pelo seu nome artístico, Fran, escolheu bem o local para brilhar no seu primeiro concerto.

O menino dos olhos de Ágata, sua mãe, estreou-se em grande num mini-concerto cheio de ritmo, animação, luzes e flashes que tornavam o espaço num ambiente completamente dedicado aos mais jovens, que pareciam os mais entusiasmados com aquele som novo.

Antes do seu primeiro êxito, “Eu Dava Tudo Por Ti”, Fran ainda agradeceu à sua família e ao seu grande professor, Cifrão, que trabalhou todas as coreografias apresentadas no pequeno espetáculo e que, tal como a sua mãe, assistiam ao seu concerto.

O ambiente mudou drasticamente assim que os primeiros acordes da música de Leandro se fizeram ouvir. Todas as mulheres, que outrora estavam sentadas e serenas, levantaram-se para soltar os seus gritos de afeto pelo cantor, enquanto que os seus acompanhantes masculinos ocupavam os lugares sentado, divertindo-se com toda a euforia.

Uma parafernália de músicos talentosos e instrumentos acompanham Leandro que, a nosso ver, é o que apresenta mais fragilidades no grupo, devido à sua voz aguda e aparentemente frágil, mas que, mesmo assim, derrete os corações das mais apaixonadas. Foram vários os discursos e brincadeiras que Leandro fez ao longo da noite, mas o momento mais marcante e comovente foi antes da “Balada Para o Meu Filho”, onde o cantor demonstrou todo o amor que tem pelo seu rebento: “A música que se segue tem muito a ver com a minha vida (…) é o meu futuro, o meu presente e outra metade de mim, o meu filho.”. O pequeno Simão ainda subiu ao palco, ao colo do pai, para tentar dizer um envergonhado “Olá” através do microfone.

Depois de algumas músicas que fizeram do corredor central da plateia uma autêntica pista de dança, foi a vez de Leandro se sentar com a sua guitarra e tentar mostrar os seus dotes em quatro músicas tocadas em acústico, onde a sua voz, estranhamente afinada, se fazia ouvir no pavilhão.

Seguiram-se outros êxitos do cantor, caso de “Mas Quem Será?”, “Serás Sempre o Meu Irmão” e “Eu Mudei” -  este último contou com a protagonista do seu videoclip em palco, Débora Picoito, ex-concorrente da Casa dos Segredos que conseguiu encantar com a sua voz.

Já tinham tocado as doze badaladas mas o cansaço apenas parecia chegar aos homens que esperavam o fim do concerto para poderem ter de volta as suas mulheres que, para ouvir os últimos três êxitos, começavam a aproximar-se cegamente das primeiras filas.

O espetáculo terminou com a música “Sou Um Homem Feliz” e, de facto, Leandro pode mesmo intitular-se como tal, pois, com fãs assim, qualquer um podia sê-lo.

$$gallery$$

Fotografia: Ana Castro

Texto: Ana Castro

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.