Martinho da Vila incluiu Portugal na sua digressão do álbum "Juntos e Misturados", o 50.º da sua carreira, e vai passar por quatro cidades em maio.

O brasileiro atuará em Faro (dia 20, no Teatro das Figuras), Porto (dia 26, no Coliseu Porto Ageas), Lisboa (dia 28, no Coliseu dos Recreios) e Braga (dia 29, no Altice Fórum Braga).

Prestes a completar 84 anos em fevereiro e com 53 anos de carreira,
o artista apresenta um concerto com banda completa e visita os seus maiores sucessos. Este ano, o cantor e compositor será homenageado no carnaval do Rio de Janeiro pela sua escola de samba, Vila Isabel.

O "Sr. Samba" vem com a sua "família musical": Wanderson Martins no cavaco, Claudio Jorge no violão, Kiko Horta nos teclados, Ivan Machado no baixo, Paulinho Black na bateria, o seu neto Guido Ventapane na percussão e sua filha Analimar na segunda voz.

No seu novo disco, volta a colaborar com músicos mais jovens. Na faixa "Era de Aquarius", divide o microfone num samba-rap com Djonga. Também há uma parceria com Noca da Portela, depois de 43 anos, em "Vidas Negras Importam". O álbum ainda conta com a participação de Teresa Cristina em "Unidos e Misturados".

Nos concertos em Portugal, além de conhecer as novas canções, o público poderá cantar e sambar com êxitos como "Casa de Bamba", "Devagar Devagarinho", "Canta Canta, Minha Gente", "Madalena do Jacu", "Disritmia" e "O Pequeno Burguês", entre outros.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.