Matias Damásio é uma das estreias neste ciclo, que se prolonga até 10 de agosto, com concertos semrpe às quintas-feiras, pelas 23:00.

Ao cantor angolano sucede-se, no dia 29, Dengaz, outra estreia nos “Grandes Concertos do Casino Estoril”. O intérprete de “hip-hop” apresenta o seu segundo álbum de originais, “Para Sempre” (2015), “mas irá também interpretar outros êxitos do seu percurso musical, segundo a Estoril-Sol.

Pedro Abrunhosa & Comité Caviar atuam no dia 06 de julho, seguindo-se Os Azeitonas - Miguel Araújo, Marlon, João Salcedo e Nena -, no dia 13 de julho.

Raquel Tavares estreia-se no palco do Lounge D no dia 20 de julho, apresentando o álbum “Raquel”, o seu terceiro CD, produzido pela tripla Fred Pinto Ferreira, João Pedro Ruela e Tiago Bettencourt.

No dia 27, atua uma presença já habitual no ciclo, Paulo Gonzo, que vai interpretar o novo CD, “Diz-me”, editado em março último, ao qual sucede Os Orelha Negra, que atuam no dia 03 de agosto.

O casino, em comunicado, salienta que “os Orelha Negra são o único grupo de ‘hip-hop’ em Portugal que não tem um vocalista, o que, na verdade, não se revela necessário, pois a banda comunica com o público, de forma exemplar, através dos sons e ‘samples’ de Sam The Kid, das dinâmicas dos teclados de João Gomes, do ‘groove’ de baixo de Francisco Rebelo, da batida certa e forte de Fred e dos ‘scratches’ inesperados e certeiros de Cruzfader”.

Os The Gift, outra presença habitual, encerram o ciclo, no dia 10 de agosto, tocando o mais recente álbum, “Altar”.

No ano passado, assistiram aos “Grandes Concertos do Casino Estoril” cerca de 70.000 pessoas, segundo dados da Estoril-Sol.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.