A medida, segundo o museu, deve-se ao "período excecional" vivido no país, em situação de crise devido ao impacto da pandemia COVID-19.

Além das exposições temporárias, está prevista a reabertura, a 15 de julho, da exposição permanente dedicada à arte moderna "Do Primeiro Modernismo às Novas Vanguardas do Século XX".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.