Uma porta-voz de um consultório médico do condado de Cook, no Illinois, afirmou ter sido notificada da morte do rapper, cujo nome de nascença era Jarad A. Higgins. A autópsia será feita esta segunda-feira.

A polícia confirmou à AFP que o rapper sofreu uma emergência médica no aeroporto de de Chicago, depois de sair de um avião particular.

O site especializado em celebridades TMZ informou que Higgins sofreu uma convulsão.

O single inicial do rapper, “Lucid Dreams”, alcançou o número 2 na lista da Billboard Hot 100 em 2018, e o seu álbum “Death Race for Love” estreou-se no top 200 da Billboard no ano seguinte.

"Juice teve um impacto profundo no mundo num período muito breve", informou a sua editora, a Interscope Records, em comunicado. "Perder alguém tão amável e tão próximo dos nossos corações é devastador", acrescenta o comunicado.

O artista fazia parte de uma geração conhecida como "os rappers do SoundCloud", um subgénero que recebe o nome da plataforma de streaming onde expõem os seus primeiros trabalhos.

Este grupo de rappers tornou-se nos últimos anos num movimento próprio no mundo do hip hop, que combina um som mais cru com letras frequentemente duras e carregadas de emoção.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.