Organizada pela associação cultural Acesso Cultura, criada em 2013, a Semana Acesso Cultura divulga um conjunto de iniciativas sobre a acessibilidade à criação artística nos aspetos físico, social e intelectual.

A Semana Acesso Cultura inicia-se com a apresentação de uma nova publicação, intitulada "A inclusão de migrantes e refugiados: o papel das organizações culturais", a 19 de junho, às 18:30, no British Council, em Lisboa.

Um dos entrevistados para esta publicação, Almir Koldzic, codiretor da organização britânica Counterpoints Arts, vai estar presente no lançamento para falar da sua experiência no desenvolvimento de projetos culturais com e para migrantes e refugiados.

Também estarão presentes no evento a embaixadora do Reino Unido em Portugal, Kirsty Hayes, e o alto-comissário para as Migrações, Pedro Calado.

De 19 a 25 de junho, no âmbito do Portas Abertas, instituições culturais em vários pontos do país organizam visitas aos seus bastidores, para dar a conhecer quem lá trabalha e o que faz.

Estão previstos ainda debates como "Acesso Aberto: um mundo novo", a 20 de junho, em Braga, Évora, Lisboa, Olhão e Porto, e o desafio fotográfico "É possível captar a acessibilidade?", de 19 a 25 de junho.

No dia 21 de junho, será feita a atribuição do Prémio Acesso Cultura 2017, às 18:30, na Biblioteca de Marvila, em Lisboa.

A organização recebeu este ano 40 candidaturas de vários pontos do país, para o galardão que tem como objetivo distinguir, divulgar e promover entidades e projetos que se diferenciam pelo desenvolvimento de políticas exemplares e de boas práticas na promoção da melhoria das condições de acesso aos espaços culturais e à oferta cultural, em Portugal.

Outro dos objetivos da organização é criar exigência junto dos públicos, nesta área.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.