O dirigente Renato Pinheiro explicou que as atividades procuram lembrar às pessoas que o grupo mantém a sua dinâmica, apesar das dificuldades que decorrem da pandemia, que obrigaram, nomeadamente, ao cancelamento do festival de teatro, que costuma acontecer no final de julho, e de outras atividades realizadas habitualmente ao longo do ano.

"Tem sido um ano difícil", asseverou.

A peça "Não se paga, não se paga", uma comédia de Carlos Gogol, que vai ser apresentada em meados de setembro, disse, era para ser estreada no festival, o que não se tornou possível. A ideia é que se façam dois ou três espetáculos, em princípio nos claustros dos Paços do Concelho, para evitar grandes ajuntamentos.

A 8 de agosto, também para assinalar o aniversário, o grupo organizou a atividade "Naturantinos", que decorreu nas ruas da cidade, com mascarados, muita música e danças.

A animação de rua regressa este sábado, com uma atividade ao ar livre inspirada nos "Diabos de Amarante", uma tradição secular naquela cidade do distrito do Porto que regressa ao centro histórico, a partir das 21h30.

Em tempo de aniversário, falando das dificuldades do dia-a-dia, Renato Pinheiro assinalou que a longevidade e o reconhecimento do grupo ajudam a "abrir algumas portas", apesar de, admitiu, não tantas como seria expectável.

"Gostávamos que nos chamassem mais vezes, porque somos mais do que um grupo de teatro, fazemos animações, leitura animada de livros e animamos eventos culturais. Na realidade, somos um grupo multifacetado que faz imensas coisas", contou.

O grupo é integralmente amador, integra 15 atores (dos 8 aos 65 anos), que ensaiam na sede da junta de freguesia da cidade.

O "Tamaranto" apresenta-se como um dos mais antigos grupos da região, com atividade ininterrupta durante duas décadas.

"Se fizermos uma abordagem aos grupos de teatro amador existentes a nível nacional são poucos os que aguentaram 20 anos", destacou Benvinda Moreira.

A professora de 65 anos, reformada, que é um dos cinco atores originais que ainda hoje permanecem no grupo, destaca o "rigor" e a "dedicação" de todos, apesar do caráter amador do "Tamaranto".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.