Nos próximos dias (12, 13 e 14 de julho), o Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras, vai receber mais de 120 espetáculos. Arctic Monkeys, Snow Patrol, Queens of The Stone Age, Pearl Jam e Franz Ferdinand são alguns dos protagonistas da edição deste ano do NOS Alive, mas há muito mais para ver, ouvir e descobrir no festival.

Esgotado há mais de um mês, pelo recinto do NOS Alive vão passar cerca de 55 mil festivaleiros por dia, vindos um pouco de todo o mundo - em 2017, segundo a organização, passaram 22 mil estrangeiros pelo Passeio Marítimo de Algés.

Em consonância com o que tem acontecido em anos anteriores, segundo Álvaro Covões haverá cerca de 16 mil estrangeiros no festival, sobretudo britânicos, espanhóis e franceses, mas a grande fatia de bilhetes foi comprada pelos portugueses, com muita antecedência.

"Temos o maior relvado artificial de Portugal, são mais de 40 mil metros para conforto dos festivaleiros. 123 grandes espetáculos, uma experiência e um fim de semana inesquecível. Há muito boa música, comédia, animação e diversão", resumiu Álvaro Covões ao SAPO Mag durante os últimos preparativos.

Para o diretor da Everthing is New, promotora do festival, o ideal é chegar o mais cedo possível. "O cartaz é tão bom, tem tantos artistas e tão bons e que começam cedo. Quem vem mesmo pela música, e é a grande maioria, vai chegar cedo para usufruir da música. Os espetáculos começam às 17h00 no recinto e até às quatro da manhã há grandes e grandes concertos", frisa.

Veja na galeria o recinto:

Este ano, em termos logísticos, as principais novidades são o alargamento do relvado artificial a mais espaço do recinto e, no exterior, haverá aumento da oferta de opções de saída, com 30 autocarros da Carris, para facilitar o fluxo de movimento de espectadores entre Algés e três pontos na cidade: Marquês de Pombal, Cais do Sodré e Parque das Nações.

"O ideal é vir de transportes públicos, mas quem vier de carro recomendo que estacione na zona de Belém e que use a ponte pedonal do Jardim da Torre de Belém, que liga o jardim à entrada do recinto. Portanto, é uma alternativa para chegar e para sair. À saída temos, juntamente com a Carris, 30 autocarros que vão levar as pessoas até três destinos, de acordo com a procura - Cais do Sodré, Marquês de Pombal e Expo/ Gare do Oriente. Mas os autocarros vão parar sempre em todas as paragens da Carris, desde que pedido pelos passageiros. Depois ainda há a travessia normal para Algés, que permite apanhar o comboio, que vai estar a funcional até às cinco da manhã", explica Álvaro Covões.

Veja aqui como chegar ao NOS Alive. 

Os destaques do palco principal

O Palco NOS é o centro de todas atenções do festival. Este ano, Miguel Araújo será o primeiro a atuar, às 18h00.  Logo depois, às 19h15, é a vez de  Bryan Ferry, músico britânico que ficou conhecido como vocalista dos Roxy Music, banda que formou com o baixista Graham Simpson em 1970.

No dia 12 de julho, Nine Inch Nails (20h55), Snow Patrol (22h20) e Arctic Monkeys (00h05) também tocam no Passeio Marítimo de Algés.

No segundo dia do NOS Alive (13 de julho), os Kaleo trazem ao festival o seu álbum de estreia ("A/B"), às 17h00. Os Black Rebel Motorcycle Club atuam às 18h25 e os The Kooks sobem ao palco dez minutos antes das oito da noite.  The National (21h20), Queens of The Stone Age (23h05) e Two Door Cinema Club (01h30) fecham o palco.

Pearl jam

The Last Internationale (17h00) e Alice In Chains (18h10) abrem o Palco NOS no terceiro e último dia do NOS Alive. Às 23h15 sobem ao palco os Pearl Jam, um dos grandes destaques da edição deste ano no festival do Passeio Marítimo de Algés. Antes da banda de Eddie Vedder, sobem a palco os Franz Ferdinand (19h35) e Jack White (21h05). Já os MGMT fecham o Palco NOS, às cinco para as duas da manhã.

Do Clubbing ao Fado: os palcos secundários

Além do Palco NOS, o festival conta com mais cinco palcos - Palco Sagres, NOS Clubbing, EDP Fado Cafe, Palco Comédia e Palco Coreto.

Khalid

No primeiro dia, Khalid, às 23h05, é um dos protagonistas do palco Sagres. O músico de 19 anos, cuja música tem influências de Kendrick Lamar, A$AP Rocky, Father John Misty, Frank Ocean, Grizzly Bear, Chance the Rapper, Lorde, India Arie e James Blake, editou em março deste ano o seu álbum de estreia, “American Teen”. Os Friendly Fires também vão atuar no primeiro dia do festival NOS Alive, às 21h40.

Future Islands (01h00), Rag'n'Bone Man (23h30) e Portugal. The Man (22h00) são alguns dos destaques do segundo dia do palco Sagres. No último dia, Mallu Magalhães (22h15), At the Drive-In (01h15) e Perfume Genius (01h00) atuam no festival.

Já pelo NOS Clubbing, no dia 12, os portugueses D'Alva sobem ao palco NOS Clubbing às 20h15. Já SOPHIE, às 03h10, terá a missão de fechar o segundo dia do festival. A cantora traz ao NOS Alive o primeiro álbum de estúdio, "Whole New World".

No segundo dia, Branko é um dos destaques do NOS Clubbing. O coletivo congolês KOKOKO!, o sul-africano DJ Lab, o norte-americano Sango, o italiano Populous e os portugueses PEDRO, Progressivu, coletivo Porto XXIII (Torres e Noia) e uma parceria entre Rastronaut e AKA Corleone também vão atuar no mesmo dia e foram os selecionados pelo DJ e produtor Branko.

A seleção do ex-elemento dos Buraka Som Sistema e responsável pela editora Enchufada vai contar com representantes de música urbana "fora de géneros mais habituais como a house ou o techno".

No último dia, LAO RA, às 19h10, promete chamar a atenção dos festivaleiros. O palco  NOS Clubbing fecha com Xinobi, às duas e meia da manhã.

Já o palco EDP Fado Café vai contar com António Zambujo (12 julho), Buba (13), Teresa Landeiro (13) e Jorge Palma (14).

O Palco Comédia, que conta com uma instalação artística de Bordado II, é outros dos destaques do NOS Alive. No dia 12, Rui Sinel de Cordes, Guilherme Duarte, Colóquio de Bethhipsters, Rui Xará e Joel Ricardo sobem ao palco e na sexta-feira é a vez de  Kalashnikov, Simon Day, Rui Cruz, Bruno Henriques (Jovem Conservador de Direita) e Miguel Lambertini.

No último dia, Cebola Mol, Pedro Teixeira da Mota, Diogo Batáguas, Ana Garcia Martins e João Pinto sobem ao Palco Comédia.

O Coreto by Arruada, no segundo dia do festival, 13 de julho, vai contar com um alinhamento totalmente no feminino, estando também agendado um concerto surpresa. Surma, Beatriz Pessoa, Minta & The Brook Trout e Bernardo são os nomes que compõem o cartaz.

"Talento nacional que trabalha nas mais diversas formas musicais é o mote para o dia 13 de julho no Coreto by Arruada. Artistas que se destacam cada vez mais e que completam um cartaz para um dia que reserva uma novidade: concerto surpresa de um artista não anunciado e que tem tudo para ser fortemente falado", avança a organização em comunicado.

Veja todos os horários:

NOS ALIVE