Durante aproximadamente um mês, os festivaleiros votaram nos seus festivais favoritos. O Vodafone Paredes de Coura foi o grande vencedor da terceira gala dos Portugal Festival Awards, que decorreu esta terça-feira, 17 de novembro, no Cinema São Jorge, em Lisboa.

No total, o Vodafone Paredes de Coura, festival que este ano contou com Tame Impala, Temples e TV On The Radio como cabeças de cartaz, levou para casa cinco prémios (Melhor Festival Não Urbano, Melhor Campismo, Melhor Grande Festival, Melhor Ativação de Marca e Melhor Cartaz).

Ao receber o último "galo" da noite, João Carvalho (Ritmos) admitiu que nem sempre foi fácil organizar o festival. "Tivemos de hipotecar bens pessoais. Acho que nunca tinha contado isto", revelou um dos fundadores do festival, acrescentando que, nos anos mais difíceis, pensaram em desistir.

Portugal Festival Awards

O NOS Alive foi o segundo grande vencedor da noite. O festival do Passeio Marítimo de Algés arrecadou o prémio de Melhores WC's, Melhor Festival Urbano e Melhor Comunicação ainda um prémio pela contribuição para o turismo.

Nas categorias de média e pequena dimensão, os prémios de melhor festival foram para o Bons Sons e para o Milhões em Festa (Barcelos). Já o Indie Music Fest foi considerado o melhor micro festival do ano.

Entre entregas de prémios, os nomeados na categoria revelação, Golden Slumbers, Duquesa, Thunder & CO, Da Chick e Isaura  animaram o São Jorge. No final da gala, Da Chick foi a grande vencedora, levando para casa o prémio de Melhor Atuação ao Vivo – Artista Nacional By Antena 3.

Ana Luísa Barbosa e Diogo Dias foram os anfitriões da noite e arrancaram algumas gargalhadas ao público. Os apresentadores protagonizaram também um dos momentos da noite, ao simular um duelo com sabres de luz, ao som do tema da saga "Star Wars".

Além de esgotar pela primeira vez o Cinema São Jorge, a terceira edição dos Portugal Festival Awards alcançou um recorde ao nível da participações. No total, 140 festivais foram a votos, contabilizando entre si mais de 2,3 milhões de espectadores. “Encher o Cinema São Jorge com tanto tempo de antecedência foi incrível e um motivo de orgulho. Foram 140 festivais a concurso – que totalizam mais de 2,3 milhões de espectadores – e esperamos que esta seja uma noite memorável”, disse João Dinis, da organização.

Os vencedores foram escolhidos pelo público através de votação online e por um júri composto por Zé Pedro (Xutos & Pontapés), Fred Pnto Ferreira (Kambas/Orelha Negra), Álvaro Costa (Antena 3), Joana Cruz (RFM), Hélio Morais, Valete, entre outras personalidades ligadas ao mundo da música.

Lista de Vencedores:

Melhor Festival Urbano - NOS Alive

Melhor Festival Não Urbano - Vodafone Paredes de Coura

Melhores WC's - NOS Alive

Melhor Campismo - Vodafone Paredes de Coura

Melhor Festival Académico - Queima das Fitas de Coimbra

Melhor Micro Festival - Indie Music Fest

Melhor Pequeno Festival - Milhões em Festa

Melhor Médio Festival - Bons Sons

Melhor Grande Festival - Vodafone Paredes de Coura

Festival Mais Sustentável: Andanças

Melhor Atuação ao Vivo – Artista Nacional - Diabo na cruz

Melhor Atuação ao Vivo – Artista Nacional By Antena 3 - Da Chic

Melhor Atuação ao Vivo – Artista Internacional By Fuel Tv - Muse

Nomeados na categoria de júri:

Melhor Cartaz - Vodafone Paredes de Coura

Contribuição para a Divulgação de Música Portuguesa - NOS D'Bandada

Contribuição para o Turismo - NOS Alive

Melhor Ativação de Marca - Vodafone Music Sessions (Vodafone Paredes de Coura)

Melhor Comunicação: NOS Alive

Veja na galeria algumas fotografias da terceira gala dos Portugal Festival Awards:

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.