"Contratação surpresa! Saiba quem é esta segunda-feira, a partir das 10h15, na 'Casa Feliz", anunciou a SIC no final da semana passada e cumpriu. No arranque do programa de João Baião e Diana Chaves, o canal anunciou a nova contratação.

Paulo Rocha, ator que fez parte do elenco de várias novelas da Globo, é o novo rosto da SIC. O ator regressa ao canal na segunda quinzena de agosto.

"10 anos depois Paulo Rocha vem da Globo para a SIC! Depois do sucesso na Globo,Paulo Rocha regressa finalmente a Portugal e vai ser um dos protagonistas de uma grande produção da SIC! Paulo Rocha é o novo rosto da ficção da SIC", escreveu o canal nas redes sociais.

Nas redes sociais e na imprensa, nos últimos dias, surgiram vários rumores sobre a nova contratação da estação de Paço de Arcos, mas nenhum se confirmou certeiro. Fátima Lopes, da TVI, Tânia Ribas de Oliveiras, da RTP1, Leonor Poeiras, que deixou recentemente o canal de Queluz de Baixo, e Filomena Cautela (RTP1) foram alguns dos nomes apontados.

Nas últimas semanas, o mercado televisivo em Portugal tem dado que falar. No passado dia 17 de julho, Cristina Ferreira revelou que iria regressar à TVI para ser diretora de entretenimento e ficção, tendo já "manifestado a sua intenção de compra de participação na Media Capital, com o intuito de vir a tornar-se também accionista do canal televisivo", confirmou a Notable, agência que representa Cristina Ferreira, e a Media Capital em comunicado enviado ao SAPO Mag.

"Trata-se de um regresso à casa mãe, com funções distintas e um projeto ambicioso ao qual era impossível dizer que não. É uma escolha conduzida pelo afecto com a firme vontade de contribuir para recolocar a TVI no coração de todos os portugueses", frisou a apresentadora.

Em comunicado, a agência sublinhou que "Cristina mostrará novas facetas da sua atividade profissional, para além da conhecida enquanto apresentadora". O regresso à "casa de origem" acontece dois anos depois da sua ida para a SIC, "prevendo-se o início de funções a 1 de setembro de 2020".

No dia anterior, nas redes sociais, Leonor Poeiras anunciou a sua saída da TVI.  "Não estou com uma situação muito confortável com a TVI", contou a apresentadora ao site Holofote, revelando que descobriu pelas redes sociais que não ia apresentar a segunda temporada do programa "Cabelo Pantene - O Sonho".

"Acabei por ser dispensada, despedida da TVI. Não tinha contrato... como sou despedida se não tenho contrato? É verdade. Não tendo contrato, ainda assim trabalhei em regime de exclusividade", contou ao site, revelando que Nuno Santos, diretor de programas da TVI, lhe disse que era "livre para procurar trabalho".

Já este fim de semana, a TVI confirmou que lançou um desafio a João Baião. Nas redes sociais, Nuno Santos, diretor geral da TVI, confirmou que o canal convidou o apresentador. "Podia ter vindo para a TVI em fevereiro ou agora, por um justo valor de mercado, mas ficou onde está porque tem novos e inesperados desafios e, por certo, porque lhe pagam o que pediu durante longos anos", explicou.

Este domingo, dia 26, Daniel Oliveira, diretor de programas da SIC, confirmou que o apresentador vai continuar no canal. "João Baião só há um e está na SIC. O público sabe com o que dele pode contar e nós também. Congratulo-me pelo seu sentido de responsabilidade e compromisso com o nosso projeto que nos permite um planeamento a longo prazo com a sua honestidade e competência sempre presentes", escreveu nas redes sociais.

"Estou muito feliz por estar na SIC, por fazer parte de uma equipa que é uma família e de uma estratégia de futuro, que dá importância às pessoas. Vou continuar a dar o meu melhor em todos os programas, com a mesma alegria e entusiasmo", frisou João Baião.

No início de julho, a SIC confirmou também o regresso de Bruno Nogueira. "A liberdade criativa que o Daniel Oliveira e a SIC me oferecem é, mais do que nunca, uma oportunidade irrecusável. Agradeço o convite e a confiança demonstrada neste meu regresso à SIC, e espero estar à altura daquilo a que me proponho. Por outro lado, para o Daniel Oliveira, será o fim de uma época dourada. Nos livros de história da televisão, o Daniel será sempre recordado como 'aquele a quem tudo corria bem, até ter contratado o outro'. Bem jogado, Bruno. Mal jogado, Daniel", gracejou o humorista.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.