A exposição foi inaugurada no sábado em Nova Iorque, como parte das comemorações que marcam um quarto de século desde que o primeiro episódio de "Friends" foi para o ar na NBC, e decorre até 6 de outubro.

Esta é também uma maneira de a Warner Bros lucrar com a popularidade aparentemente inesgotável da sitcom, 15 anos após o último episódio ter sido transmitido em maio de 2004.

“É como um museu. A quantidade de detalhes, de adereços e o artesanato que está presente neste evento é impressionante”, contou James Michael Tyler, que interpretou Gunther, o rapaz tímido apaixonado por Rachel.

O estúdio recriou o cenário num loft no Soho, em Manhanttan. Tudo, desde os móveis até a decoração, é o mesmo a que os fãs se acostumaram.

Os visitantes podem descansar nas famosas poltronas onde Joey e Chandler gritavam a ver televisão ou abrir a porta do apartamento de Monica e Rachel do outro lado do corredor.

“Assim que cheguei, abri um sorriso. Cada canto que viro e todas as coisas que pude ver trazem muitas lembranças e é tudo muito bem feito”, disse Maggie Wheeler, que interpretou Janice – a mulher do "Oh my god", dito com uma risada nasalada.

A exposição, que já está esgotada, é parte de um esforço maior para marcar o aniversário da série e capitalizar a sua popularidade entre o público mais jovem, que nem havia nascido quando o último episódio foi transmitido, mas que a descobriu através do catálogo da Netflix.

"Abençoado"

Mais de mil cinemas nos Estados Unidos planeiam exibir episódios icónicos este ano, enquanto linhas de brinquedos e móveis de “Friends”, incluindo o sofá laranja, foram lançadas em todo o mundo.

Lisa Kudrow em FRIENDS

“No caso de ‘Friends’, as pessoas apaixonaram-se totalmente por esses seis amigos”, afirmou Michael Lembeck, que realizou 24 episódios, referindo-se aos personagens interpretados por Jennifer Aniston, Courtney Cox, Lisa Kudrow, Matthew Perry, Matt LeBlanc e David Schwimmer.

“Adoramos o comportamento deles naquelas situações, associamo-nos ao que fazem e vamos acompanhá-los todas as semanas”, adicionou, explicando a longevidade da série.

Tyler admite que está "um pouco triste" com a onda de nostalgia, contando que sente falta dos dias nos sets de filmagem. “Fui muito sortudo. Levo isto a sério. Fui abençoado por ter feito parte desta série”, acrescentou o ator de 57 anos.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.