A Comissão de Trabalhadores (CT) da RTP mostrou-se contra o alegado aumento de salário de Fernando Mendes para 20 mil euros mensais.  Em comunicado partilhado no Facebook, a entidade criticou a administração da estação pública por ter entrado “numa filosofia de tipo futebolístico na sequência da transferência” de Cristina Ferreira da TVI para a SIC.

"Pensou-se que a RTP, que presta um serviço e não vende coisas, rejeitando lógicas comerciais, como diz o seu presidente, estivesse imune a este tipo de loucuras, mas a verdade é que esta manhã a imprensa anunciou a renovação contratual da RTP com um dos seus apresentadores em valores que podem chegar aos 20 mil euros por mês", frisam na nota, lembrando que não existem aumentos na RTP há 10 anos.

Ao Observador, uma fonte da RTP negou que estivesse a renegociar com Fernando Mendes, para travar uma alegada saída para a TVI. A estação lembrou ainda que apresentador que tem contrato até 2019.

A mesma fonte avançou ainda que Fernando Mendes não vai ganhar 20 mil euros por mês, não adiantando o salário do apresentador de "O Preço Certo".

Leia o comunicado da Comissão dos Trabalhadores:

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.