"Quando subo ao palco, o ego possui-me. E diz: 'Não te atrapalhes... porque és o maior. Todos o dizem, por isso não te atrapalhes'. (...) Cerca de 30 segundos depois, penso: 'sou só um tipo e adoro música'. E todo o meu corpo se liberta. Descontraio-me, olho à minha volta e fico, tipo... 'Faz isto. Deixa o ego. Entrega-te". Estas são as primeiras palavras de Shawn Mendes no seu primeiro documentário, "In Wonder", que se estreia na Netflix esta segunda-feira, 23 de novembro. O SAPO Mag viu em primeira mão a produção sobre o jovem cantor lusodescendente que, nos últimos anos, se tornou uma das maiores estrelas da música pop.

O primeiro desabafo do artista no arranque do documentário marca o início de uma conversa sincera e íntima com os fãs. Ao longo da carreira, Shawn Mendes tem evitado falar sobre a sua vida pessoal, tendo apenas contado algumas histórias em grandes entrevistas, como a que deu à Rolling Stone durante a sua digressão de 2018, e que passou pelo MEO Sudoeste, na Zambujeira do Mar.

Já vimos o documentário de Shawn Mendes: um flecha direta aos corações dos fãs, com ternura, lágrimas e amor

Apesar de "In Wonder" se centrar na última digressão, para o documentário, realizado por Grant Singer, Shawn Mendes foi ao baú e revela pela primeira vez algumas imagens 'caseiras' filmadas pela sua família e as histórias dos primeiros passos. Tal como promete a sinopse da Netflix, a produção é "um olhar íntimo sobre a vida e a jornada de Shawn Mendes".

"'In Wonder' acompanha a viagem de Shawn Mendes rumo à autodescoberta após as exigências físicas e emocionais da sua ascensão e última digressão mundial, que o obrigaram a uma profunda introspeção pessoal e musical. O documentário é um olhar sincero a um compositor e artista que lida com a pressão do estrelato e os efeitos emocionais de amadurecer sob o olhar do mundo. Focado sobretudo na sua ascensão à fama e na sua mais recente digressão, o documentário oferece-nos um acesso sem precedentes à vida privada de Mendes, tanto em casa como nas suas viagens pela América do Norte e do Sul, Europa, Ásia e Austrália, com anos de filmagens que relatam o percurso de um jovem cantor que se tornou uma superestrela mundial", acrescenta o serviço de streaming.

Veja o trailer de "Shawn Mendes: In Wonder": 

Os primeiros passos

Nos primeiros minutos do documentário, há gravações que lembram o "salto" do cantor canadiano - no início, são reveladas imagens do 72.º concerto da digressão de 2019, em Brooklyn, em Nova Iorque; logo depois, a fita é puxada para o passado, quando Shawn Mendes era ainda uma criança com todos os sonhos do mundo.

Das imagens do espetáculo para milhares de pessoas, o documentário viaja até ao primeiro concerto do cantor, em Toronto, num pequeno auditório. O artista tinha apenas 15 anos, mas já precisava de seguranças e a euforia dos fãs já se reflectia em gritos de decibéis elevados.

Já vimos o documentário de Shawn Mendes: um flecha direta aos corações dos fãs, com ternura, lágrimas e amor

Em discurso direto, o músico lembra ainda que a sua professora de canto foi um grande apoio, assim como toda a família - as imagens do primeiro concerto foram gravadas pelo pai do cantor, o português Manny Mendes.

Sempre rodeado pela família, foi numa viagem a Portugal que Shawn Mendes cantou em público pela primeira vez.  Apesar de não recordar o momento no documentário, o músico falou da sua 'estreia' na entrevista à Rolling Stone, em 2018. Segundo o pai, em 2012, quando a família Mendes alugou uma autocaravana para passear pelo nosso país, o artista saltou para uma estátua, em Lagos, e começou a cantar.

SHAWN MENDES
créditos: TIAGO DAVID

Durante a conversa com a publicação no restaurante Café Do Mar - onde o pai do cantor trabalhou -, Shawn Mendes confessou ainda que "estava inspirado" no momento em que se atreveu a cantar em público. "Estava estranhamente inspirado. (...) Eles [os pais] entraram na loja e lembro-me de o meu coração começar a bater milhões de quilómetros por hora", lembra, acrescentando que cantou "Grenade", de Bruno Mars.

Depois da 'estreia' em Lagos, os vídeos nas redes sociais começaram a dar que falar e os fãs foram-se multiplicando. No documentário, o seu produtor Andrew Gertler conta ainda como descobriu o artista no Google, ao procurar o tema "Say Something" - recorde aqui o vídeo que abriu todas as portas ao jovem lusodescendente. 

A digressão mundial e a relação com Camila Cabello

Sucesso atrás de sucesso, o jovem que gravava vídeos no seu quarto foi conquistando o mundo. No documentário, depois das memórias dos primeiros passos, Shawn Mendes revela as imagens e algumas histórias dos bastidores da sua última digressão - "The Tour" passou pela Altice Arena, em Lisboa, em março de 2019.

Entre os concertos, o artista visita a família e locais que marcaram a sua infância. No documentário, abre ainda as portas do seu apartamento em Toronto e confessa que nem sempre, é fácil estar longe da mãe e da irmã - em muitas ocasiões, o pai acompanha-o.

Já vimos o documentário de Shawn Mendes: um flecha direta aos corações dos fãs, com ternura, lágrimas e amor

Na primeira pessoa, além da relação com a sua família, o artista abre o coração para falar sobre Camila Cabello. "Tudo é sobre ti. Sempre foram acerca de ti. (...) São todas sobre ti... todas as canções que compus", confessa, dando a conhecer o seu lado mais romântico - a conversa sobre a cantora, promete ser das cenas mais ternurentas do documentário.

Apesar de falar pela primeira vez abertamente sobre a sua relação com a jovem artista, um dos momentos mais marcantes do documentário chega durante a passagem da digressão pelo Brasil, nomeadamente por São Paulo. Devido a problemas na voz, o artista foi obrigado a cancelar o espetáculo no estádio Allianz Parque.

No documentário, são revelados todos os momentos antes da decisão difícil. Em lágrimas, sem poder falar, o lusodescendente isola-se na bancada do estádio e conversa com a mãe, expondo toda a sua fragilidade aos espectadores.

O novo álbum

Já na reta final do documentário, Shawn Mendes fala sobre o nascimento do seu novo álbum. "Quando começamos um álbum, não sabemos o que esperar. Atiramo-nos de cabeça e vemos o que acontece", frisa o músico. O que aconteceu só vamos descobrir a 4 de dezembro, dia em que chega "In Wonder", o novo disco, editado pela Universal Music.

Antes do adeus, Shawn Mendes deixa uma promessa: é "isto" que quer fazer para o resto da sua vida. Afinal de contas é só um rapaz que gosta de música. "Querem saber a verdade? Subo para o palco, olho em volta e penso... 'sou só um tipo que adora música'", remata.

Embora "In Wonder" não tenha grandes revelações como "Katy Perry: Part of Me", "Gaga: Five Foot Two" e "Taylor Swift: Miss Americana", o documentário pode ser o presente perfeito para muitos fãs, que se vão sentir um pouco mais próximos da estrela pop.

"Shawn Mendes: In Wonder" está disponível na Netflix.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.