“Há cinco anos, numa festa de finalistas do secundário, cinco amigos foram indiciados como suspeitos de assassinato de um colega mas o processo foi arquivado por falta de provas. Agora, através de uma pista anónima, surgiram novos dados e o caso volta a ser investigado”. Este é o ponto de partida de “Plano de Fuga”, série de Ruben Valle e Catarina Rodrigues, jovens estudantes de cinema que lutam para que a história chegue ao pequeno ecrã.

A ideia de avançar com o projeto começou como uma forma de ocupar o tempo, conta Ruben Valle, um dos mentores de “Plano de Fuga”. “Como não queríamos passar o nosso tempo à toa, decidimos investir num projeto conjunto. Muitas vezes as ideias podem surgir de acontecimentos já passados, imagens ou até músicas. Foi uma mistura de tudo isto e pelo nosso gosto por séries americanas, que é aí mesmo onde a série é inspirada. Tentámos juntar características não muito comuns na televisão portuguesa. A primeira pessoa com quem falámos foi com o Hugo Azevedo, o nosso diretor de fotografia, para deixarmos de lado aquela luz de estúdio e conseguirmos um look mais cinematográfico”, revela ao SAPO MAG.

Da ideia à concretização, nem tudo foi simples, visto que o projeto tem sido levado a cabo apenas com o esforço e investimento dos criadores. “Tivemos algumas dificuldades a meio do projeto. Como o orçamento saiu todo dos bolsos dos criadores, tornou-se por vezes muito puxado realizar certas coisas que tínhamos em mente. Mas como todos se dedicaram de corpo e alma o resultado traduziu bem o nosso plano”, explica Catarina Rodrigues.

Apesar das dificuldades, Ruben garante que conseguiram motivar a equipa e assim conseguir mais ajudas. “Pensávamos que iria ser um grande desafio tentar arranjar todos os bens essenciais para a concretização deste projeto, como a equipa técnica, os atores, os materiais e os décors. Enganámo-nos redondamente. Tivemos bastante ajuda até nisso. Por vezes pensamos que foi sorte mas queremos acreditar que foi talvez por termos um projeto promissor em mãos”, sublinha o jovem estudante de cinema em Londres.

Do elenco de “Plano de Fuga” fazem parte caras conhecidas da televisão e do cinema português e alguns novos talentos do teatro. “Andávamos à procura de atores que tivessem um background relacionado com o teatro para podermos dar também liberdade aos atores de elaborar a sua própria personagem. Fomos ao Teatro Maria Matos ver a peça 'Cyrano de Bergerac' e saímos da sala a dizer: "É mais do que óbvio que temos de contactar este grande actor (Paulo Pinto). Tivemos depois o Mauro, o Isac Graça e a Diana Nicolau, que já conhecíamos o trabalho que têm vindo a fazer e... já desde a escrita do guião que estavam na nossa mente. Sempre acompanhámos o trabalho do Miguel Borges e suplicámos para que participasse. Funcionou!”, contam os mentores do projeto.

Para já, não há data de estreia para a série, apenas um episódio piloto. “Existe um piloto acabado para que as pessoas possam ver o que conseguimos fazer com pouco orçamento mas com uma enorme vontade de fazer este projeto. E é por isto que também estamos a tentar mostrar ao máximo o conteúdo, para que os espectadores fiquem apegados a este projecto”, sublinha Ruben Valle, jovem que também já participou como ator em “Ruas Rivais”, longa-metragem exibida nas salas de cinema portuguesas.

“Exibir a série numa plataforma online não está nos nossos planos, de momento. Temos mesmo a ambição de levar isto para uma estação televisiva”, sublinha Ruben Valle.

Veja as imagens dos bastidores das gravações:

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.