Durante a transmissão especial dedicada ao Dia de Portugal, o repórter Tiago Góes Ferreira vestiu uma camisola do SL Benfica durante um direto a partir de uma casa dos encarnados em Cabo Verde. O momento não agradou ao diretor de comunicação do Futebol Clube do Porto.

Para Francisco J. Marques, a RTP1 transmitiu "cinco minutos de propaganda benfiquista". "A RTP faz uma visita a uma casa do Benfica, põe um funcionário a dizer ‘festa bonita, benfiquista, portuguesa e cabo-verdiana’. Isto é uma vergonha e alguém tem de parar esta deriva da RTP", começou por escrever na sua conta no Twitter.

"O mesmo rapaz diz ‘quero ouvir viva o Benfica’, para depois despir a camisola para entregar ao presidente da casa, confessando ser uma oferta entregue pelo Benfica, o que ilustra que isto foi pensado, até pediram uma camisola ao clube querido. Foram cinco minutos de propaganda benfiquista que nem no tempo da outra senhora se fazia.A questão é muito simples, vamos continuar de braços cruzados perante esta crescente benfiquização do país? A RTP tem direção? A direção aprova estas coisas?", acrescentou Francisco Marques.

Nas redes sociais, Tiago Góes Ferreira frisou que é adepto do Futebol Clube do Porto. "Sou adepto do Futebol Clube do Porto... e do Fair Play. A felicidade de todas aquelas pessoas foi um golo daqueles à Deco", frisou.

Questionada pelo Correio da Manhã, a RTP não comentou o assunto.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.