Mais de três décadas depois, Tim Allen e Richard Karn, protagonistas da série "Obras em Casa", regressam ao pequeno ecrã com "Mestres da Bricolagem". A nova produção estreou-se no passado dia 18 de agosto em Portugal e pode ser vista no canal Blaze.

Em conversa com o SAPO Mag, Richard Karn, revela como surgiu a ideia para a nova série. "O Tim e a sua filha, a Katie, estavam a trabalhar numa ideia para fazer alguma coisa, mas não tinham a certeza do que seria. A ideia central era um programa original sobre arranjar todo o tipo de coisas, para as pessoas arranjarem as suas coisas", começa por contar, explicando que a ideia foi evoluindo, acabando por se transformar "numa série de competição".

Em "Mestres da Bricolagem", a dupla, com o seu habitual sentido de humor,  procura os melhores "faz-tudo de todo" nas suas oficinas domésticas, para que compitam entre si dando uma nova vida a artigos do quotidiano que precisam urgentemente de reparação.

"'Mestres da Bricolage' leva cada participante para lá dos seus limites, com desafios que põe à prova a sua faceta de 'reparador' e 'inventor'. Em cada episódio, três criadores lutarão por um prémio em dinheiro, pondo à prova a sua habilidade e engenho para reconstruir objetos ou transformá-los em inovações alucinantes (como um duplo derretedor de gelo/soprador de folhas, um corta-relvas com banco num tudo-em-um ou uma bicicleta churrasco)", resume o canal em comunicado.

Para Richard Karn, foi um desafio gravar a nova série durante a pandemia. "Não podíamos ter as pessoas no nosso estúdio, nem podiam estar à nossa frente a construir tudo. Por isso, tivemos de ir aos seus espaços. Fomos às garagens ou oficinas pessoais, mas à distância. Há um pouco de distanciamento, como acontece agora que estamos a falar via Zoom. Conseguia ver os concorrentes, mas não estava com eles. Portanto, foi tudo à distância", explica.

"Mas foi muito divertido ver as pessoas a trabalharem nos seus espaços, porque sabem onde está tudo. Podem sempre acrescentar coisas para melhorar o trabalho", sublinha Richard Karn. "Gostei imenso e adorei o resultado final", garante.

Ao longo da primeira temporada, a dupla teve a oportunidade de conhecer concorrentes de diferentes localidades e com habilidades distintas. "Surpreenderam-me as diferentes formas como as pessoas trabalham (...) A forma como a mente das pessoas funciona, como elas criam... foi algo que me surpreendeu", conta em conversa com o SAPO Mag.

Durante as gravações da série, Richard Karn também aprendeu algumas dicas que têm sido úteis no seu dia a dia: "Há imensos tutoriais e comecei a ver todos para arranjar várias coisas (...) Faço passo a passo. Tem sido muito útil. Muitas pessoas, por exemplo, podem precisar de arranjar uma torneira ou um interruptor e podem fazê-lo. Há tutoriais para tudo".

Além de tudo o que aprendeu, Richard Karn frisa que foi um privilégio voltar a trabalhar com Tim Allen no pequeno ecrã. "Adoro trabalhar com ele porque ele tem ideias muito concretas", sublinha.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.