Topher Grace não é apenas conhecido pela série "That ’70s Show" ("Que Loucura de Família" em Portugal) e filmes como "Uma Boa Companhia", "O Ídolo dos Meus Sonhos", "Homem-Aranha 3" e o recente "BlacKkKlansman: O Infiltrado" (onde era o infame David Duke , um dos líderes da organização racista Ku Klux Klan).

Na internet, o ator conquistou novos fãs quando, em 2012, editou num único filme de 85 minutos a segunda trilogia "Star Wars (as prequelas lançadas entre 1999 e 2005, com quase sete horas).

Embora nunca tenha sido possível ver publicamente "Episode III.5: The Editor Strikes Back" [Episódio III.5: O Editor Contra-Ataca], um trailer que entretanto se tornou difícil de encontrar deu uma ideia do resultado.

Esta versão costuma ser creditada como a inspiração para os fãs começarem a editar os filmes realizados por George Lucas que dividiram as opiniões.

Mais tarde, deprimido pela personagem que interpretava em "BlacKkKlansman", Topher Grace voltou a insistir com uma nova versão de duas horas da trilogia "O Hobbit" de Peter Jackson (com quase 11 horas).

Agora, em colaboração com o editor Jeff Yorkes, há um novo projeto que, pelo menos por agora, é possível divulgar publicamente: um mega-trailer "Star Wars".

"10 filmes. 2 nerds. Um fim de semana (quando as nossas esposas estavam fora). Divirtam-se", partilhou Topher Grace.

O vídeo de cinco minutos combina os dez filmes em imagem real que foram lançados (incluindo "Rogue One" e "Han Solo"), algumas cenas que ficaram de fora (principalmente de "Uma Nova Esperança") e claro, a icónica música de John Williams.

O resultado revela todo o impacto emocional e épico da criação de George Lucas sobre a jornada de Luke Skywalker e dos Jedi.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.