A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood anunciou os resultados da eleição para o período 2021-2022 dos membros do Conselho de Governadores, que representam os interesses de todos os ramos da organização.

Em mais um sinal de aumento de diversidade, o número de mulheres passa de 26 para 31 em 54 membros e os representantes das minorias étnicas e raciais sobem de 12 para 15.

Nos eleitos pela primeira vez destaca-se Rita Wilson, esposa de Tom Hanks, que se junta às anteriormente eleitas Whoopi Goldberg e Laura Dern nos representantes dos atores.

Quatro membros foram reeleitos, com destaque para a dinamarquesa Susanne Bier, do grupo dos realizadores.

Entre os atuais membros estão Steven Spielberg e Ava DuVernay (realizadores), Ruth E. Carter (Guarda-Roupa), Rodrigo García (realizador, nomeado pelo Presidente David Rubin), Larry Karaszewski e Eric Roth (argumentistas).

O Conselho junta os 17 ramos da Academia (atores, realizadores, argumentistas, etc.), cada um representado por três governadores. A estes 51 acrescentam-se três nomeados pelo Presidente da Academia e votados pelo Conselho.

Os governadores podem servir durante dois mandatos de três anos, consecutivos ou não, seguidos por uma exclusão de dois anos, após o que podem ser novamente reeleitos para mais dois mandatos de três anos. O limite máximo é de 12 anos.

"Afinar" as regras da Academia e ratificar as propostas dos ramos para convidar novos membros são algumas das competências do Conselho de Governadores.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.