Três curtas-metragens com produção ou coprodução portuguesa integram a competição do Festival de Cinema de Animação de Annecy (França), que decorrerá em junho e em versão 'online'.

A organização divulgou na quarta-feira parte da programação oficial e confirmou que a edição deste ano de um dos mais relevantes eventos do cinema de animação decorrerá apenas na Internet, entre 15 e 20 de junho, por causa das restrições impostas em França para conter a pandemia da doença covid-19.

Da programação revelada, há três filmes com produção portuguesa na competição de curtas-metragens: “A mãe de sangue”, do artista visual Vier Nev, “Altotting”, Andreas Hykade, com coprodução de Abi Feijó e direção de arte de Regina Pessoa, e “Purple boy”, de Alexandre Siqueira, coproduzido por Rodrigo Areias.

“Desenvolver o Annecy 2020 Online é em simultâneo um desafio técnico e humano”, refere a direção em comunicado, reconhecendo que o festival desempenha “um papel imprescindível para todo o setor do cinema de animação”.

O festival já tinha revelado que adiou para 2021 alguns eventos, nomeadamente a edição física do mercado Mifá, um tributo ao cinema de animação africano e a celebração do 60.º aniversário.

A programação completa será anunciada em maio.

Em França, o presidente, Emmanuel Mácron, anunciou esta semana que o confinamento social no país se estenderá até 11 de maio e que não poderão ocorrer festivais pelo menos até meados de julho por causa da covid-19.

No país já se registaram 17.167 mortos, 147.863 casos de infeção pelo novo coronavírus.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.