Brad Pitt revelou que está "realmente grato" ao realizador Ridley Scott e à atriz Geena David pela oportunidade ao escolherem-no para "Thelma & Louise".

A carreira em Hollywood disparou com o papel de JD, o carismático e atrativo ladrão que se envolvia com Thelma (Geena Davis) por uma noite e lhe roubava todo o dinheiro.

"Não tinha nada para mostrar, exceto o meu trabalho como figurante, e eles arriscaram em mim", explicou numa entrevista publicado no jornal britânico The Sun.

Apesar disso, Brad Pitt admitiu que se "arrepia" de vergonha agora que tem mais noção da voz estridente que tem no filme, o que atribui ao nervosismo por ser o primeiro filme a sério.

O ator também acredita que os produtores do filme estavam "desesperados" por fechar o "casting" porque o filme estava já em rodagem e começou a trabalhar uma semana depois de ser escolhido.

Geena Davis fez cenas com vários candidatos de última hora e descreveu mais tarde que ficou tão impressionada com Brad Pitt que os nervos a atrapalharam e julgou que lhe tinha estragado o teste.

Mais tarde, quando Scott e o diretor de casting discutiam quem devia ser escolhido, a atriz ofereceu uma sugestão sem ninguém lha pedir: o tipo loiro.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.