Os EUA registaram o primeiro fim de semana do regresso ao cinema com a reabertura das grandes redes AMC e Regal, mas os espectadores protagonizaram apenas um regresso tímido num país que continua a contabilizar mais de 40 mil novos casos diários de coronavírus.

Rede líder  no país, a AMC reabriu 100 salas na semana passada e espera fazer o mesmo com outras 300 nas próximas duas semanas, enquanto a Regal também retomou as operações na sexta-feira apesar de não ter fornecido números.

A terceira rede de cinemas do país, Cinemark, retomou gradualmente as atividades a 14 de agosto, acelerando este fim de semana.

Mas alguns estados importantes, como Califórnia, Nova Iorque e Nova Jérsia, ainda não autorizaram a reabertura dos cinemas nem estabeleceram datas para o regresso

Durante o primeiro fim de semana de teste, as bilheteiras dos Estados Unidos e Canadá superaram pela primeira vez a barreira dos 5 milhões de dólares desde 15 de março, somando 6,6 milhões, segundo o site especializado Box Office Mojo.

Num fim de semana normal, a venda de bilhetes raramente fica abaixo dos 100 milhões de dólares, destaca a mesma fonte.

A primeira grande produção de Hollywood a ser lançada após esta pausa de cinco meses foi o "thriller" "Em Fúria", onde o ator Russell Crowe faz o papel de um motorista explode frustrado com o que o rodeia.

Embora tenha sido praticamente o único filme em cartaz, arrecadou apenas cerca de 4 milhões de dólares no seu segundo fim de semana em exibição, mas o primeiro com uma quantidade significativa de salas abertas: 1.823, segundo o Box Office Mojo.

Como sinal da preocupação dos espectadores em voltar aos locais fechados, a empresa especializada Exhibitor Relations destacou que os cinco lugares com maior venda de bilhetes neste fim de semana foram todos cinemas drive-ins.

Os responsáveis pelos maiores cinemas apostam num regresso aos espectadores com a estreia onde as salas estiverem abertas de "Tenet", de Christopher Nolan, o primeiro "blockbuster" de Hollywood, a partir de 3 de setembro.

Antes da reabertura foi publicado na sexta-feira um protocolo sanitário para os 2.600 complexos de cinema e as 30.000 salas.

O protocolo estabelece o uso obrigatório de máscaras, o distanciamento social com exceção de quem for assistir acompanhado e que o sistema de ventilação funcione corretamente.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.