«Poltergeist, o Fenómeno» (1982), idealizado por Steven Spielberg e realizado por Tobe Hooper, contava a historia de uma casa assombrada por espectros que se começam a manifestar através do televisor. Nomeado para três Óscares, foi um dos maiores fenómenos do cinema de terror dos anos 80 e é presença habitual nas listas dos filmes mais assustadores da história do cinema.

No entanto, a nova versão que chega este verão, de acordo com Sam Rockwell, um dos seus protagonistas, será bastante diferente desse filme com JoBeth Williams, Heather O'Rourke e Craig T. Nelson.

«Desta vez o verdadeiro protagonista vai ser um miúdo de 10 anos. Na maior parte do tempo, JoBeth Williams era a protagonista no primeiro filme, agora é realmente o ponto de vista da criança. Portanto, é mais para miúdos, pelo que não sei se será assustador ao ponto de ser para maiores de 16», afirmou numa entrevista ao sítio Collider.

Rockwell, que interpreta o papel do pai da criança perturbada, preferiu colocar a nova versão em perspectiva, salientando que não é assustador no mesmo género de «The Conjuring - A Evocação» (13) porque é mais virado para a aventura, ainda que, tal como o original, seja essencialmente sobre o rapto de uma criança.

A nova versão, realizada por Gil Kenan em 3D e supervisão de Sam Raimi, inclui ainda os atores Rosemarie DeWitt e Jared Harris e estreia nos EUA a 24 de julho.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.